I love you but,
I love myself more.
O difícil é se conformar que tudo acaba um dia.


"Onde foi parar aquele amor todo?", aquela pergunta ficou girando em minha cabeça durante as últimas semanas. O que eu poderia responder? O que eu queria dizer já tinha sido dito. Terminos não são fáceis, alguém sempre sai machucado, e não adianta negar para os outros, ninguém acredita mesmo, de tanto você repetir que está tudo bem, que está legal, que foi melhor assim, você vai acabar acreditando em sua própria mentira, mas, acredite, ninguém, além de você, vai acreditar!

Eu não sei onde foi parar o meu amor, aquele amor forte, que era protetor, acolhedor, ele deve está trancado em algum lugar do pior labirinto que existe: O coração. Ele deve está lá, guardado em algum beco sem saída, se é que no coração tem alguma saída. Eu ainda o amo, e acho que sempre vou amar, porém, eu não sou mais apaixonada por ele, parece que o encanto se quebrou, nossa confiança se quebrou, todo o nosso relacionamento, construído com calma, amor e paciência, foi para o espaço e explodiu!

Quando ele saiu pela porta, eu não chorei, não fiquei arrependida e nem queria que ele voltasse. Sim, eu estava triste, mais não pelo fato dele ter saído pela porta e provavelmente não voltar mais, eu estava triste pelo fato de que tudo o que planejamos, aquela casa na rua principal, nossos 4 filhos, nossas viagens, eu estava triste pelo fato de ter que deixar todos esses planos, desejos, talvez sonhos, se desmanchados como papel na água, no inicio tudo ficou borrado e logo depois tudo sumiu.

Eu não sei o que ele deve está fazendo, mais eu tenho certeza de que não deve está com ninguém, pode até está fisicamente, mas, não de coração e alma, pois eu sei que um amor forte não morre assim, eu sei que ele ainda pensa em mim, eu sei que ele ainda pode até está me querendo. Eu também penso nele, e penso se um dia vou sentir aquilo tudo por alguém novamente, e eu acho que não. Eu acredito que o amor verdadeiro só surge em sua vida uma vez, e você tem que prende-lo e não deixar escapar entre os dedos, pois, se ele for você não vai ter outra chance.

 

Texto no blog ( X








Estes dias me bateu uma saudade, olhando alguns e-mails antigos me lembrei de você, e de repente todo aquele sentimento voltou a tona. É como algumas meninas que guardam aquelecasaco que tem o cheiro dele lá no fundo do guarda roupa, e quando sem querer, vão pegar algo e aquele casaco cai, e através de um simples cheiro todos aqueles sentimentos volta a tona, toda a saudade a muito tempo guardada em uma caixa trancada no fundo do coração.

Nunca fui comum mesmo, e certamente o que não me fez bater aquela saudade repentina não foi seu cheiro, e sim nossos antigos e-mails, sabia que você foi a primeira pessoa com a qual eu troquei e-mails ? Certamente isso para você não tem tanta importância, e talvez você nunca vá chegar a saber disto, nem sei por que estou escrevendo sobre você, mas, de repente me bateu uma saudade repentina, uma nostalgia daquele tempo que qualquer barulho de um novo e-mail fazia meu coração disparar…

Fonte : Meninas Quase Invisiveis 



“Eu sempre me apaixono por você. Todas as vezes que te vi, eu sempre me apaixonei por você.”
~ Tati Bernardi.   (via odeiorotulos)

“Uns vão te dar o inferno, outros te darão o céu.”
~ The Pretty Reckless. (via pr0metepramim)

“Eu tenho tanto a dizer, mais você está tão longe.”
~ Avenged Sevenfold. (via terminar)

“Estou numa confusão absoluta, não sei o que ler, o que escrever, o que fazer. Só sei que estou sentindo falta de alguma coisa…”
~ O Diário de Anne Frank   (via sonhosdesperdicados)

THEME BY ©